terça-feira, 13 de outubro de 2009

Luz



O porteiro afirma: a porta continua fechada

Mas eu vejo uma fresta de luz

Então, a luz diz: a porta está entreaberta...

ele esqueceu o limite entre realidade e ilusão

sombrio desejo de ofuscar meu brilho

Vontade de sentir?

Perdi a chave...

Porém, a luz insiste em brilhar

o brilho converte-se em chamas

o fogo arrebenta as janelas, a porta...

enfim, descobre o segredo

destrói a fechadura

ilumina o vazio

e renasce.


Love Locked Out by Anna Lea Merritt

Texto Ane Montarroyos