segunda-feira, 14 de março de 2011

Dia Nacional da Poesia

Olá, queridos! Eu não abandonei o blog, juro! Mas a minha rotina mudou completamente e, por isso, além do tempo, a inspiração também criou asas. Desculpem a ausência! Tentarei voltar ao ritmo anterior. :) E hoje, especialmente, a poesia me chama. Salve o Dia Nacional da Poesia!


Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.



Cecília Meireles