sábado, 4 de abril de 2009

Jardim das Delícias Terrenas


Jardim das delícias, de Hieronimus Bosch


O que ali se chama

delícias é isto: a aliança

estritamente

carnal

entre homens

e animais: o casamento

duma criança

com um mocho, o vôo

soletrado

de algumas aves de bicos

alados e eretos

como o das mulheres

no cio. E olhos

e bocas

e coxas

circulando no dorso

e no sexo

das pombas.

Delícias

é o nome

que se dá

às lágrimas e às flores

do desejo.


Jardim das Delícias Terrenas by Hieronymus Bosch

Texto: Albano Martins